quarta-feira, 20 de março de 2013

Falácias de Relevância

Nestes tipos de falácias, as premissas são logicamente, e não psicologicamente, irrelevantes para as suas conclusões, o que impede que se estabeleça a verdade dessas conclusões.


A relevância psicológica pode ser confundida com a relevância lógica pelo fato da linguagem poder ser usada tanto expressiva como informativamente para estimular as emoções, tais como:

medo,
hostilidade,
compaixão,
entusiasmo,
reverência, etc…

Alguns tipos particulares de argumentos irrelevantes conseguem ser persuasivos, apesar de sua incorreção lógica, devido a sua função expressiva, destinada a provocar atitudes susceptiveis de causar aceitação das conclusões que instigam, em vez de fornecer as provas que evidenciem a verdade dessas conclusões